Este projeto foi elaborado para a disciplina de Projeto de Identidade Visual do curso de Comunicação Visual Design da UFRJ, sob a orientação de Nair de Paula Soares. O objetivo era fazer uma nova identidade visual para o festival de música Rock in Rio, levando em consideração as características do mesmo.
Atual marca do festival Rock in Rio.
A proposta da criação da nova Identidade Visual para este festival é ressaltar a diversidade musical do evento e associar a marca à essa mistura de ritmos, pois ela é a essência do Rock in Rio.  Muitas pessoas ainda assumem que pelo nome, o mesmo só é palco para o ritmo "rock", e então a ideia de diversidade é perdida. Outro ponto é criar uma ligação mais íntima com a cidade do Rio de Janeiro, onde o festival teve início, mas não a ponto do festival ser somente associável à cidade por algum cartão-postal.
 
A marca proposta tem como fundamentos os conceitos de movimento (do verbo "rock", balançar em inglês), a grande diversidade musical apresentada neste festival e também leva em consideração o tipo de  relevo da cidade do Rio de Janeiro, formado através do deslocamento de formas de guitarras. 
As cores fluorescentes foram escolhidas por criar uma sensação de luminosidade quando utilizada sobre o fundo preto, como as luzes dos palcos dos grandes shows. Além disso, são apropriadas para o direcionamento da marca para o público jovem, que é a maioria do público do festival.
As cores podem ser utilizadas livremente para aplicação da marca, sem que haja uma cor preferencial.
 
A marca somente poder ser aplicada sobre fundo preto (até 70%), e deve sempre que possível ser impressa em cores PANTONE, pois são tintas fluorescentes que não podem ser reproduzidas de maneira fiel no sistema CMYK.
​Além da família tipográfica DIN, letras escritas à mão são utilizadas como recurso gráfico para reforçar a identidade visual. A  tipografia de apoio desenhada à mão deve ser utilizada para nomes, datas ou frases curtas, em tamanho grande.
Pasta de documentos, com aplicação de padrão criado a partir do nome das atrações do evento, que toda edição deve ser renovada.
 
Cartões de visita: podem ser impressos nas cores institucionais e o verso não necessariamente precisa ter a mesma cor da frente.
Cartões postais.
 
Aúdio dos shows do festival podem ser compilados em uma edição especial gravada em vinil.
Camisa cinza escura feminina disponível para o público, cuja estampa pode ser aplicada em todas as cores institucionais.
 
Camisa e boné da equipe de apoio do evento. As cores institucionais podem ser aplicadas para a criação de grupos de atuação dos funcionários no evento, e assim melhorar a organização de funções e fiscalização dos funcionários.

You may also like...

G&N Consultoria
2013
O que que essa manga tem?
2013
Guide & Seek
2013
Água para Elefantes (Water for Elephants)
2012
Belk Giftcards
2013
Gustav Klimt
2013
Cartaz: Brainstorming com Kasia Molga na UFRJ
2012
Carol Potter and the Welcome Back Party
2013
Back to Top